Cosmovisão


A visão de mundo (cosmovisão) reformada Calvinista reconhece Deus no mundo, operando através da Graça Particular para a salvação e através da Graça Comum para suavizar a maldição, suspender a corrupção e permitir o livre desenvolvimento da vida em todas as suas esferas. Através de uma visão calvinista, a Igreja recupera o seu verdadeiro papel, retrocedendo até à congregação dos crentes e emancipando a vida do mundo do seu domínio, permanecendo, porém, sob a dependência de Deus. A vida doméstica, os negócios e o comércio recuperam a independência. A arte e a ciência não ficam mais debaixo do vínculo eclesiástico e os homens recuperam o santo dever de sujeitar a natureza com suas forças e tesouros ocultos, através do mandato cultural.

O que chamamos de cosmovisão calvinista não expressa nada mais do que a mais fiel sistematização do Evangelho e do Cristianismo bíblico.

FRASES:
"Eu acredito no cristianismo como acredito no sol, não apenas porque o vejo, mas porque por meio dele vejo todo o resto." (C.S. Lewis)

“A perspectiva mais abrangente que a mente humana pode ter das coisas ao seu redor em um esforço de, conscientemente agrupá-las em um todo a partir de uma filosofia ou teologia específica.”
(ORR, James. The Christian view of God and the World, 1947, p. 3)

“Uma cosmovisão é um conjunto de pressuposições (hipóteses que podem ser verdadeiras, parcialmente verdadeiras ou inteiramente falsas) que sustentamos consciente ou inconscientemente, sobre a formação básica de nosso mundo”
(SIRE, James W. O Universo ao Lado, p. 21. )

“Cosmovisão é semelhante a uma lente intelectual através da qual enxerga-se o mundo. Se alguém olha através de uma lente vermelha, o mundo lhe parece vermelho. Se outro indivíduo olha através de uma lente azul, o mundo lhe parece azul”
(GEISLER, Norman, BOCCHINO, Peter, Fundamentos Inabaláveis, p. 15.)