terça-feira, 24 de dezembro de 2013

SOBRE O DIA CHAMADO NATAL, por João Calvino

Por João Calvino

“…Vejo que há mais pessoas, aqui, hoje, do que costuma haver nos outros sermões. Por que isso? Porque é dia de Natal. E quem disse-lhes tal coisa? Pobres bestas. Isso é um eufemismo adequado para todos que vieram, aqui, hoje, honrar o natal. Pensam que honram a Deus? Considerem que tipo de obediência a Deus tens demonstrado? Em suas mentes, estão celebrando um dia santo para Deus, ou transformando-o em um. Na verdade, vocês têm sido, frequentemente, admoestados que, é bom separar um dia do ano, no qual, lembramos de todo o bem ocorrido por causa no nascimento de Cristo no mundo, ouvimos a história de seu nascimento sendo recontada, o que acontecerá no domingo. Porém, se vocês acham que Jesus Cristo nasceu hoje, são tão loucos, quanto bestas selvagens. Quando, você engrandece somente um dia com o propósito de adorar a Deus, você, simplesmente, transforma-o em um ídolo. Na verdade, vocês insistem que têm feito assim para a honra de Deus, contudo, honram mais ao diabo.


Nenhum dia é superior a outro. Não importa se lembrarmos do nascimento do Senhor em uma quarta-feira, quinta-feira, ou algum outro dia. Porém, quando, insistimos em criar uma prática baseada em nossos caprichos, blasfemamos contra Deus, e criamos um ídolo, apesar de, termos feito isso tudo, em nome de Deus. Quando, você adora a Deus com ociosidade espiritual num dia santo, é um grave pecado para suportar, pois, isto atrai outros pecados,até, atingirmos a medida da iniquidade. Portanto, vamos prestar atenção ao que Miquéias (5:7-14) está dizendo aqui, que Deus, não apenas despojará coisas que são más em si mesmas, como também, eliminará qualquer coisa que promova superstição. Entendendo isso, não acharemos estranho, o natal não ser celebrado, hoje, todavia, no domingo, celebraremos a Ceia do Senhor e recitaremos a história do nascimento do nosso Senhor Jesus Cristo.”… João Calvino - Excerto do sermão em Miquéias 5:7-14 - (22/12/1551) Sermons on the Book of Micah, p. 302-303.

É querido leitor, achou que passaria o Natal sem uma saculejada? Que nada.... que esta mensagem nos faça ter um Natal mais consciente.


"Esta é a permuta que, em sua bondade infinita, ele quis fazer conosco: recebeu nossa pobreza, e nos transferiu suas riquezas; levou sobre si a nossa fraqueza, e nos fortaleceu com o seu poder; assumiu a nossa mortalidade, e fez nossa a sua imortalidade; desceu à terra, e abriu o caminho para o céu; fez-se Filho do homem, e nos fez filhos de Deus." João Calvino


Que neste novo ano possamos lembrar todos os dias o exemplo de Cristo e honrá-lo em todas os nossos pensamentos, palavras e atitudes. FELIZ NATAL A TODOS OS LEITORES!


terça-feira, 10 de dezembro de 2013

BLOG NOVO: Até as pedras clamarão


Caríssimos Leitores,
Hoje fizemos a nossa primeira postagem no blog Até as pedras clamarão. Esse novo blog está ligado ao Grupo de Estudos de Cosmovisão Calvinista, porém com um foco bem específico: postar e discutir sobre as manifestações da Graça Comum de Deus na música e em outras expressões artísticas.
Nosso objetivo é apreciar a boa dádiva de Cristo em nosso mundo através de sua providência com os talentos humanos e como os princípios cristãos são expressos nessa estética.
Convidamos todos a conferir esse novo trabalho.
Que Deus nos abençoe.

Igor Campos.
Membro do GECC e autor do blog Até as pedras clamarão