terça-feira, 28 de março de 2017

REGENERAÇÃO




Leonardo Marques Verona e Renata Alves Monteiro 

BASE BÍBLICA: João 3:1-16



INTRODUÇÃO

Se você já é cristão, é possível que você se lembre exatamente do dia da sua conversão, um momento em que tudo mudou. Pode ser também que você não se lembre de uma data exata e não saiba bem ao certo quando passou a crer definitivamente em Jesus. O certo é que, se não fosse a ação de Deus em nossas vidas, nunca iríamos buscá-lo verdadeiramente.

No capítulo sobre a queda, lemos o pecado de Adão, que era o representante de toda a raça humana, nos trouxe morte física e espiritual. 



MORTOS ESPIRITUALMENTE


Mas o que é morte para a Bíblia? Morte é muito mais do que deixar de existir – significa, primeiramente, separação de Deus. Deus disse a Adão que se ele comesse do fruto proibido certamente morreria. Como vimos nas lições anteriores, Adão não morreu fisicamente logo depois que comeu o fruto, mas morreu espiritualmente no mesmo instante, ou seja, a comunhão com o Criador foi quebrada. O pecado é muito mais do que uma doença: o pecado é morte. Os homens, apesar de vivos fisicamente, estão na realidade mortos, já que estão separados do seu Criador. “Portanto, assim como por um só homem entrou o pecado no mundo, e pelo pecado, a morte, assim também a morte passou a todos os homens, porque todos pecaram.” (Romanos 5.12).

Se todos os homens morreram espiritualmente, podemos tirar duas conclusões disso. A primeira é que, se o homem está morto, ele é incapaz de salvar a si mesmo. “Não há justo, nem um sequer, não há quem entenda, não há quem busque a Deus” (Romanos 3.10b-11). A segunda conclusão é que, se o homem está morto, a única solução é ele receber uma nova vida. É como uma televisão que está com o cabo desligado da tomada. Por motivos óbvios, se a TV não for conectada na energia, ela não pode funcionar, e por razões mais óbvias ainda, a TV não pode se ligar na tomada sozinha: é preciso que alguém a ligue, e assim ela possa funcionar. Do mesmo modo, é preciso que sejamos ligados à fonte de toda a vida, que é Deus, e não podemos nos conectar a essa fonte, a semelhança da TV, sozinhos. É preciso que alguém nos ligue, e esse alguém só pode ser Deus, por meio da obra de Cristo na Cruz e aplicada a nós pelo Espírito Santo, para que assim recebamos nova vida.


NASCER DE NOVO


No evangelho de João vemos uma história muito interessante. Um homem chamado Nicodemos, que era fariseu e um dos líderes religiosos mais importantes dos judeus na época, foi ao encontro de Jesus, pois ele estava admirado com as obras que Cristo fazia. Então Jesus disse a ele algo intrigante: “Em verdade, em verdade te digo que, se alguém não nascer de novo, não pode ver o reino de Deus.” (João 3:3b). 
Nicodemos ficou confuso, afinal: como é possível alguém nascer de novo? Então Jesus disse novamente: “Em verdade, em verdade te digo: quem não nascer da água e do Espírito não pode entrar no reino de Deus. O que é nascido da carne é carne; e o que é nascido do Espírito é espírito.” (João 3:5b-6). Logo, percebemos que Jesus está dizendo da necessidade que o homem tem de nascer espiritualmente, já que está morto.


REGENERAÇÃO


Esse nascer de novo é aquilo que chamamos de regeneração. A regeneração é algo produzido por Deus, e não pelo homem ou qualquer coisa desse mundo. Como disse o apóstolo Pedro, “fostes regenerados, não de semente corruptível, mas sim de incorruptível, mediante a palavra de Deus, a qual vive e é permanente" (1 Pedro 1:23). Somente por meio da regeneração é que podemos ter fé em Cristo, com a qual temos acesso à justificação. Logo, a regeneração é anterior à fé. A fé em Cristo, a Fé Salvadora, é resultado desse novo nascimento, que é produzido em nosso coração por Deus. Sem essa regeneração é impossível, como Jesus disse a Nicodemos, entrar no reino de Deus.


APLICAÇÃO


Se você ainda não tem fé em Jesus Cristo, peça a Deus misericórdia, para que por Sua graça Ele te regenere e te dê nova vida. Assim, você poderá ter fé na obra de Cristo, ser justificado perante Deus, ter seus pecados perdoados, começar a viver uma nova vida aqui na Terra e aguardar o dia em que reinaremos com Cristo eternamente no céu.